Introdução

Desde que me conheço por gente, escuto e também reclamo da política brasileira, situação que vem piorando ao passar dos anos, por motivo do povo estar perdendo a noção dos princípios morais. O mundo político é uma representação de nossa sociedade, onde há honestos e desonestos, os desonestos ganham espaço porque os honestos se calam, ou não sabem como agir. Lembrem-se: “onde bandido manda o povo paga”.

Na ultima eleição a deputado pretendia votar em um determinado candidato, por ter um passado conhecido e limpo, porem antes de dar meu voto fui verificar o que havia feito em seu mandato anterior, para minha surpresa, seus projetos eram: nomes de praças, nomes de ruas, etc: como outros projetos fúteis de outros deputados: dia da pizza, dia do mel, etc. Projetos votados a alto custo, pago pelo povo.

Daí surgiu a vontade de elaborar um veiculo que tenha por finalidade, publicar idéias do povo discutidas pelo povo, e que possam serem aproveitadas por aqueles políticos honestos que não tem idéia de como ajudar nosso País.

Declaro que não represento nenhum partido politico, minha intenção é por um Brasil melhor.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Indigente

A coisa mais triste é ver um ser humano jogado na rua vivendo como animal, sem dignidade e desprezado pela sociedade; o comentário é que ele não quer ajuda, que existem os abrigos, que é uma opção de vida, e por ai adiante.
A verdade é que o ser humano nessa situação está todo degradado, sem auto-estima , já não consegue avaliar sua situação de vida.
Ideia: criação de sítios próximos aos grandes centros urbanos, com apoio da prefeitura e faculdades de diversas áreas, efetuando serviços de pós-graduação, (estágios), resgatando a dignidade do cidadão e dando nova oportunidade de profissionalização.
Em primeiro lugar o individuo deve ser convidado, é claro que nem sempre irá aceitar, pois a sociedade o despreza e ele já não tem noção de sua real situação; "caso não concorde" ocorrerá a internação compulsória, deverá ser conduzido por autoridades, com acompanhamento do serviço social que o conduzirá ao centro de reabilitação, onde será fotografado registrando sua atual situação, encaminhá-lo a banho, barbeiro, dentista, médico, em fim tudo que for necessário. Após uma reabilitação mostrar que ele é um ser humano digno, e que tem uma nova oportunidade.
O retorno às ruas jamais deverá ser permitido, na pior das hipóteses deve ser aproveitado no próprio sitio, ou encaminhado para internação.

Terceira idade

Em varias matérias veiculadas na TV se houve falar do grande gasto em saúde com pessoas da terceira idade, sendo que: na maioria dos casos são por carência e não realmente doença.
A idéia é criar centros de atendimento ligados a clubes públicos, onde teríamos o posto médico com toda a infra-estrutura do SUS, com parceria de faculdades com projetos de graduação voltado para o bem estar social; cursos de artesanatos; caminhadas; sala de jogos; salas de danças; refeição a $1,00; etc. Enfim um trabalho voltado para o dia a dia do idoso, proporcionando saúde e ocupação, diminuindo os gastos médicos/medicamentos.

Salários públicos.

Os salários de políticos deveriam seguir uma regra fixa, conforme modelo:
Estabelecer a hierarquia e atribuir um "peso" à variável "X", conforme o cargo, onde: "X" multiplicado pelo Salário mínimo determina o salário final. Esse "peso", jamais poderá ser alterado, e nem agregado outros benefícios.
O salário mínimo ser aumentado conforme variação do PIB, de forma que se os políticos quiserem aumento, terão de trabalhar para o crescimento da economia, ou seja: a favor do Brasil e não pelos interesses próprios.