Introdução

Desde que me conheço por gente, escuto e também reclamo da política brasileira, situação que vem piorando ao passar dos anos, por motivo do povo estar perdendo a noção dos princípios morais. O mundo político é uma representação de nossa sociedade, onde há honestos e desonestos, os desonestos ganham espaço porque os honestos se calam, ou não sabem como agir. Lembrem-se: “onde bandido manda o povo paga”.

Na ultima eleição a deputado pretendia votar em um determinado candidato, por ter um passado conhecido e limpo, porem antes de dar meu voto fui verificar o que havia feito em seu mandato anterior, para minha surpresa, seus projetos eram: nomes de praças, nomes de ruas, etc: como outros projetos fúteis de outros deputados: dia da pizza, dia do mel, etc. Projetos votados a alto custo, pago pelo povo.

Daí surgiu a vontade de elaborar um veiculo que tenha por finalidade, publicar idéias do povo discutidas pelo povo, e que possam serem aproveitadas por aqueles políticos honestos que não tem idéia de como ajudar nosso País.

Declaro que não represento nenhum partido politico, minha intenção é por um Brasil melhor.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Copa do mundo 2014

Futebol Ilusão do povo: não podemos afirmar qual será a evolução da seleção brasileira, se o povo irá ou não ficar feliz, mas uma coisa é certa, nos passaremos décadas e+ décadas para sanar o rombo dos cofres públicos, sem contar que poderemos ficar com muitas obras pela metade.
Quem viver verá!

Lamentavelmente os atuais comentários do momento são sobre a volta da CPMF para financiar a saúde. A saúde está agonizando por falta de investimento, não por falta de dinheiro.

Não tem dinheiro para aumento do salário mínimo, do salário de funcionários públicos; Mas tem para os grandiosos aumentos dos políticos.

Não tem dinheiro para a saúde; Mas tem para a construção de estádios, para engordar contas de alguns políticos que se punidos somente com perda de cargo, e nunca obrigados a devolver a pilhagem.


Mas o importante é que temos FUTEBOL; Bolsa família; e mais alguns trocadinhos.
ACORDA BRASIL – piada e futebol não põe comida na mesa.