Introdução

Desde que me conheço por gente, escuto e também reclamo da política brasileira, situação que vem piorando ao passar dos anos, por motivo do povo estar perdendo a noção dos princípios morais. O mundo político é uma representação de nossa sociedade, onde há honestos e desonestos, os desonestos ganham espaço porque os honestos se calam, ou não sabem como agir. Lembrem-se: “onde bandido manda o povo paga”.

Na ultima eleição a deputado pretendia votar em um determinado candidato, por ter um passado conhecido e limpo, porem antes de dar meu voto fui verificar o que havia feito em seu mandato anterior, para minha surpresa, seus projetos eram: nomes de praças, nomes de ruas, etc: como outros projetos fúteis de outros deputados: dia da pizza, dia do mel, etc. Projetos votados a alto custo, pago pelo povo.

Daí surgiu a vontade de elaborar um veiculo que tenha por finalidade, publicar idéias do povo discutidas pelo povo, e que possam serem aproveitadas por aqueles políticos honestos que não tem idéia de como ajudar nosso País.

Declaro que não represento nenhum partido politico, minha intenção é por um Brasil melhor.

Ditadura X Comunismo

Uma pequena contribuição para aqueles que não viveram a época.

Nas décadas de 60/70 alguns grupos foram formados para combater a Ditadura instaurada com o golpe de 64, alguns com ideologia Democrática e outros Comunistas com atos de guerrilhas.

Muitos morreram e ainda morrem por e pelo comunismo, ideologia muito bonita no papel, porém no mundo inteiro não há uma única Nação onde o regime deu certo. Um conto de fada, uma ideologia falida, mas ainda há os que sonham com ela.

Pois é, só é bom para quem está no poder, que cala a boca do povo e vive de forma totalmente diferente da que vive o povo. Grande parte dos guerrilheiros da época, ocupam hoje postos na política, e se não tomarmos cuidado estaremos direcionando o Brasil para um regime de sonhos, onde o povo será escravizado e calado. É com a livre concorrência que o povo consegue sair do patamar de pobreza para o de nobreza, só depende de estudo e desempenho profissional, muitos sem escolaridade conseguem através de livros realizar proeza maior do que a alcançada pela maioria dos universitários. O que o povo necessita é de comida, saúde, honestidade e trabalho. DIGA NÃO A ESCRAVIDÃO !

Ocorreram abusos de ambos os lados, porém uma coisa é certa, havia honra e honestidade por parte do Governo Militar, se verificar o histórico financeiro de todos os Presidentes da Ditadura verá que nenhum formou fortuna por conta de seu mandato, ao contrário, tiveram dificuldades financeiras apos a saída do poder. Será que o mesmo ocorre com o Governo da Democracia?

Onde foi parar a honra? A honestidade? O respeito?



Modelo de Socialismo que talvez desse certo

Todos trabalhadores, independente de formação ou cargo, teriam adicionados em seu cartão de crédito o número de horas trabalhadas; todos os produtos/serviços no mercado interno vendidos por hora de fabricação. Hora trabalho ter valor vinculado ao PIB.

Patrimônio respeitado.

Saúde, educação, transportes, segurança, responsabilidade do Estado.

A arrecadação tributária feita através da movimentação dos créditos, ou seja: imposto único.

Em caso de viagem ao exterior crédito hora trocado por moeda do País, toda importação/exportação passariam por uma agencia reguladora, que cuidaria dos valores conforme mercado e imposto regulador.

Educação: Todo o tempo de estudo convertido em hora de trabalho, forma de incentivar o pessoal a estudar e ajudar a Nação.

Segurança: não haverá moeda circulando no País, o cartão de credito só poderá ser utilizado pelo proprietário. Fim do batedor de carteira, toda negociação será documentada por transferência de crédito hora, fim do estelionato e seqüestro, fim das drogas.

Crime punido com hora trabalho, sendo que o condenado terá contabilizado metade das horas trabalhadas e o restante será punição para indenização da parte lesada. A reclusão com trabalho só ocorrerá em casos de morte, estupro e violências.

Cidadão não mais necessitaria de carteira de trabalho, os postos de trabalho poderiam serem trocados conforme conveniência e qualificação, regime único para todos, fim dos processos trabalhistas, fim do desemprego.

Turismo: todo turista ao entrar no País terá de trocar o dinheiro por crédito hora, na saída será revertido. Não haverá restrição para saída do País, a entrada de turista para se integrar ao regime deverá seguir critérios a definir.

Aposentadoria igual para todos, após determinado tempo de trabalho todos os cidadãos teriam suas horas trabalhadas computada em dobro, de forma a poder trabalhar menos e, conforme aumento de idade, idealizado outros critérios adicionais.

Estatização das empresas por critério horas, devendo ocorrer de duas formas:
1 no caso dos proprietários continuarem no País sobre o novo regime;
2 no caso de empresas que não aceitarem o regime e se ausentarem do País.

Porem tudo dependeria da honestidade do povo que teria de fiscalizar cada individuo para que o sistema não seja burlado